Nicolau e Venceslau

Uma história para crianças:

TODOS conheciam naquela terra o Nicolau e o Venceslau, dois homens nem moços nem velhos, nem altos nem baixos, nem bonitos nem feios, um gordo outro magro.

Ora o Nicolau tinha uma fazenda onde havia uma figueira, que dava belos figos moscateis. O Venceslau foi lá um dia, trepou à figueira, apanhou muitas dúzias de figos e meteu uns para a barriga e outros para as algibeiras.

Deu por isso o Nicolau e protestou que havia de arranjar um varapau para dar uma sova no Venceslau, que era ratoneiro e marau.

Foi ter com um marmeleiro que havia na fazenda, e o marmeleiro disse-lhe:

-Como estás tu, ó Nicolau?

E o Nicolau respondeu-lhe

-Estou bom e quero um dos teus ramos, para arranjar um varapau, para dar uma sova no Venceslau, que é ratoneiro e marau.

E o marmeleiro respondeu-lhe:

-Se queres um dos meus ramos, arranja um machado para me cortares.

O Nicolau foi ter com um machado, e o machado disse-lhe:

-Como estás tu, ó Nicolau?

E o Nicolau respondeu-lhe:

-Estou Bom e quero que cortes um ramo de marmeleiro, para arranjar um varapau, para dar uma sova no Venceslau, que é ratoneiro e marau.

E o machado respondeu-lhe:

-Se queres que eu corte o marmeleiro, arranja uma pedra para me afiares.

O Nicolau foi ter com a pedra e a pedra disse-lhe:

-Como estás tu,ó Nicolau?

E o Nicolau respondeu:

-Estou bom e quero que afies o machado, para cortar o marmeleiro, para arranjar um varapau, para dar uma sova no Venceslau, que é ratoneiro e marau.

E a pedra respondeu-lhe:

-Se queres que eu afie, arranja água para me molares.

O Nicolau foi ter com a água que havia no poço da fazenda, e a água disse-lhe lá de baixo:

-Como estás tu ó Nicolau?

E o Nicolau respondeu-lhe:

Estou bom e quero que molhes a pedra, para afiar o machado, para cortar o marmeleiro, para arranjar um varapau, para dar uma sova no Venceslau, que é ratoneiro e marau.

E a água respondeu-lhe:

-Se queres que eu molhe a pedra, arranja que a nora me leve lá para cima.

E o Nicolau foi ter com a nora, e a nora disse-lhe:

-Como estás tu, ó nicolau?

E o Nicolau respondeu-lhe:

-Estou bom e quero que levantes a água para molhar a pedra, para afiar o machado, para cortar o marmeleiro, para arranjar um varapau, para dar uma sova no Venceslau, que é ratoneiro e marau.

E a nora respondeu:

-Se queres que eu levante a água, arranja que o boi me faça andar.

O Nicolau foi ter com o boi, e o boi disse-lhe:

-Como estás tu, ó Nicolau?

E o Nicolau respondeu-lhe:

-Estou bom e quero que faças a nora andar, para levantar a água, para molhar a pedra, para afiar o machado, para cortar o marmeleiro, para arranjar um varapau, para dar uma sova no Venceslau, que é ratoneiro e marau.

E o boi, que era muito manso e obediente, fez andar a nora, e a nora levantou a água, e a água molhou a pedra, e a pedra afiou o machado, e o machado cortou o marmeleiro, e o Nicolau arranjou um varapau, com que deu uma sova no Venceslau, a quem chamou de ratoneiro e marau.

Mas como não era peco, o Venceslau tirou o varapau das mãos do Nicolau e deu-lhe um troco menos mau.

E assim ficaram ambos castigados: por furtar os figos o Venceslau e por ser vingativo o Nicolau.

Em “Serões” revista mensal ilustrada Nº8 – 1906

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s