Ponte de Cavês

Na Ponte de Cavês (ou Cavez), sobre o Tâmega celebra-se a Romaria de S. Bartolomeu.

Na margem direita fica a Capela de S. Bartolomeu, na margem esquerda uma fonte.

Não uma fonte qualquer, mas sim uma fonte “milagrosa”. Pelos vistos, sempre que haviam ressentimentos, rivalidades, paixões, ódios e outros quejandos, era aqui que se fazia o ajuste de contas.

Depois de bem bebidos, soltava-se de um lado o grito de guerra «Vinde ao santo valentões» ou «Viva Trás-os-Montes». Do outro lado «Vinde à fonte cobardes» ou «Viva o Minho» e de forquilhas, paus, varapaus, facas e a tiro lá se matavam uns aos outros.

E isto só acabou em 1957, já tinham idade para terem juízo. 

-Marius70
___________________________________________________

Camilo Castelo Branco várias vezes se refere ao local pois teria assistido a muitos encontros destemidos de varapau entre minhotos e transmontanos, sendo frequente a festa de S. Bartolomeu acabar com mortos. 


Capela de S. Bartolomeu – Cavez – Foto de Pedro Magalhães

Henriques refere no “Aquilégio Medicinal” (1726) que “defronte de uma ermida de S. Bartolomeu, está uma fonte de água sulfúrea como se deixa conhecer no cheiro de enxofre […] e há notícias de que naquele sítio houvera Caldas muy frequentadas de enfermos, para as quais se fizeram um hospital, com a dita ermida […] principalmente no dia de São Bartolomeu, com que ou por milagre dele, ou por virtude da água se curam dos ditos males”.

mais sobre a fonte: http://www.aguas.ics.ul.pt/braga_cavez.html

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s