Cuisine Française

Havia um homem que, à passagem dos franceses, se escondeu num cipreste antigo, tendo aí permanecido até que vencido pela fome e pela sede, saiu por fim do esconderijo, dirigindo-se então para a sua casa, que ainda distava algumas centenas de metros. Pelo caminho, eis que o cheiro a comida, vindo de sua casa, lhe encheu as narinas. Munindo-se de um pau, entra em sua casa e encontra um francês, que se entregava às lides culinárias e que ficara por cá depois da retirada dos franceses. O homem, vendo o  francês de costas, arruma-lhe uma grande paulada na cabeça, à qual o francês teve morte imediata. A comida, essa bem cheirosa, estava ali pronta para aquele estômago faminto.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s