As celebridades do momento

Quando tornei a aparecer na Nazaré estava tudo em festa. A enorme ladeira que conduz à vila achava-se já cortada de mendigos estropiados, que concorrem ali de todos os pontos do país fiados na afluência de devotos.Chegavam, a cada instante, carros de todos os feitios, carregados de gente; cavaleiros, peões, celebridades do momento chamados jogadores de pau, as romeiras com os seus chapéus enfeitados de rosas, jasmins, e dálias, a mulher que na praça dos toiros havia de farpear metida numa dorna, os que iam a galope para já lá se acharem quando chegasse o cyrio da Prata Grande, ou o da Ericeira, as banhistas da praia em observação critica aos que passavam, a multidão buliçosa d’aquelas curiosas festas, — trinta mil criaturas que durante o ano esperam por esta função, e que, em chegando o tempo dela, largam tudo e correm para a Nazaré.

– “A vida alegre (apontamentos de um folhetinista)” Pg.156,  Julio Cesar Machado (1880)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s